Agricultores de Capela recebem recursos para infraestrutura produtiva e assistência técnica

Em menos de sete meses eles já foram atendidos pelo Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF) com recursos para compra da terra, em agosto do ano passado, mais os investimentos comunitários liberados agora, totalizando R$ 874.999,90.

No município de Capela, agricultores familiares da propriedade Cem Passos tiveram recursos liberados no valor de R$ 247.777,40 para os subprojetos de investimentos comunitários (SIC) que vão viabilizar a infraestrutura produtiva dos lotes. Em menos de sete meses eles já foram atendidos pelo Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF) com recursos para compra da terra, em agosto do ano passado, mais os investimentos comunitários liberados agora, totalizando R$ 874.999,90.

A ordem para liberação do dinheiro referente ao SIC foi dada, dia 4 de abril, pela Unidade Técnica do PNCF em Sergipe de responsabilidade da Pronese, diretamente vinculada à Secretaria de Estado da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri). Estes são investimentos não reembolsáveis ao governo. Já os recursos para compra da terra é em forma de crédito facilitado, ou seja, os agricultores podem efetuar o pagamento em até 25 anos, com 36 meses de carência, juros de 0,5% ao ano e bônus de adimplência de 40%.

O ato aconteceu na sede regional do Banco do Nordeste de Nossa Senhora das Dores com a participação do coordenador da unidade do Crédito Fundiário em Sergipe, Sérgio Santana, do gerente da agência local, Aguinaldo Francisco, gerente de negócios do Pronaf, Fábio dos Anjos, e pelas dirigentes da associação dos agricultores, presidente Rúbia Moura Melo, e tesoureira Maria de Matos. Participaram, ainda, o proprietário da empresa Hidroplan, Salomão Floresta, que presta assistência técnica a este projeto de assentamento comunitário, e o secretário da Agricultura de Capela, Carlos Milton Tourinho Júnior.

Rúbia Moura disse que os recursos serão gastos conforme plano de trabalho apresentado à Pronese que prevê atividades de assistência técnica, infraestrutura e produtiva. “Vamos seguir o plano de trabalho do projeto, fazendo primeiro os benefícios como construção de cercado, limpeza dos lotes, plantio de capim pisoteio e início do cultivo de abacaxi”.

A propriedade

A propriedade Cem Passos fica no município de Capela e foi adquirida em agosto de 2017 por 10 famílias de agricultores por meio do PNCF. Passaram a ser donas de uma área total de 96, 81 hectares o que corresponde a 319.473 tarefas sergipanas, ficando em média 31,95 tarefas para cada família.

Crédito Fundiário

O Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF) oferece condições para que os trabalhadores rurais sem terra ou com pouca terra possam comprar um imóvel rural por meio de um financiamento. O recurso é usado na estruturação da infraestrutura necessária para a produção e assistência técnica e extensão rural. Além da terra, o agricultor pode construir sua casa, preparar o solo, comprar implementos, ter acompanhamento técnico e o que mais for necessário para se desenvolver de forma independente e autônoma.

Governo

Última atualização: 11 de abril de 2018 12:49.

Pular para o conteúdo