CANHOBA | Projeto Dom Távora fomenta agricultura irrigada no Baixo São Francisco Seagri entrega microtrator e implementos a comunidade do Assentamento Borda da Mata

Projeto Dom Távora fomenta agricultura irrigada no Baixo São Francisco

Mesmo morando às margens do Rio São Francisco, famílias do Assentamento Borda da Mata, em Canhoba, não possuíam sistema de irrigação para sua principal atividade produtiva, a pecuária leiteira. Sabendo da disponibilidade de recursos do Projeto Dom Távora, um grupo de assentados buscou o Governo de Sergipe para implementar cultivo de milho irrigado, visando produzir silagem e reduzir o custo de produção na criação do gado. O assentamento tem 34 anos de posse das terras e praticava agricultura de sequeiro.

A unidade técnica do Projeto Dom Távora considerou viável o plano apresentado pela comunidade. Com recursos do Governo de Sergipe em parceria com o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), foi implementado, no Assentamento Borda da Mata, um sistema de irrigação em 24 tarefas para 24 famílias. Para realização do projeto, foram investidos R$ 193.108,00 na implementação completa do sistema de irrigação, que envolve aquisição de três motobombas a diesel, tubos, acessórios e serviços de instalação. Segundo a Seagri, os investimentos contemplam ainda capacitação dos produtores e serviço de análise de solo e água.

Na última quinta-feira, 4 de março, a comunidade recebeu o secretário de Estado da Agricultura, André Bomfim, para entregar mais um equipamento e conhecer in loco o empreendimento, que considera um exemplo de boas práticas produtivas. “Estamos aqui para verificar de perto os resultados positivos que o Projeto Dom Távora vem trazendo para a população do campo. Neste assentamento, em especial, eles conseguiram sair de uma produção de sequeiro para produção irrigada. Dá gosto de ver tantas áreas cultivadas com milho, que é um importante insumo para a produção da alimentação para a pecuária de leite. Ouvimos testemunhos de que alguns produtores já estão diversificando os cultivos, o que é muito importante para aumentar a renda e a segurança alimentar das famílias. disse André Bomfim.

Acompanhado pelo secretário municipal da Agricultura de Canhoba, Gentil Araújo, na ocasião, o secretário André Bomfim realizou a entrega de um microtrator com implementos, que vão contribuir no preparo da terra e colheita da produção pela comunidade, que – na avaliação da coordenação do Projeto, se mostrou organizada. “Eles fizeram pesquisa de preço, economizaram nos recursos do projeto. Com sobra e atualização monetária dos recursos, foi possível comprar o microtrator e implementos para fortalecer ainda mais as atividades”, comentou o coordenador geral do Dom Távora, Gismário Nobre.

O produtor Paulo Roberto dos Santos disse que os resultados positivos vêm acontecendo desde o ano passado. “Já em 2020, quando concluímos o sistema de irrigação, fizemos o primeiro cultivo de milho irrigado. A safra foi um sucesso. Muitos produtores conseguiram vender o grão de milho e fazer silagem com a palha. Não tenho dúvidas de que a produção de leite aumentou”, disse Paulo. Já Djenal dos Santos está apostando na diversificação de cultivos. “Aqui tudo que se planta dá. Ano passado eu plantei melancia, amendoim e macaxeira e o resultado foi muito bom. A gente vende aqui mesmo na região. Estou muito agradecido com as pessoas que ajudaram a trazer essa bênção de projeto pra nós, pois mudou nossa vida para melhor”, relatou, satisfeito, o agricultor.

Governo

Última atualização: 10 de março de 2021 15:46.

Pular para o conteúdo