Dia de campo sobre produção leiteira é realizado em fazenda modelo em Nossa Senhora da Glória

Participaram da ação 65 pessoas, entre produtores de leite e técnicos extensionistas dos municípios de Glória, Boquim, Lagarto, Itabaiana, Carira, Porto da Folha, Canindé do São Francisco, Propriá, Japaratuba, Riachão do Dantas, Nossa Senhora de Lourdes e Neópolis

Produtores rurais sergipanos vivenciaram um dia produtivo na quarta-feira, 8, em visita à Fazenda Encanto, no município de Nossa Senhora da Glória, no alto sertão de Sergipe. O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri) e da Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro), realizou um dia de campo para demonstração das boas práticas de produção de leite no estado.

A iniciativa teve como finalidade oportunizar uma vivência in loco em uma fazenda modelo, com instalações que priorizam o conforto animal, as boas práticas de produção, a produção e conservação de forragem e a nutrição adequada para as diferentes fases do processo produtivo. Participaram da ação 65 pessoas, entre produtores de leite e técnicos extensionistas dos municípios de Glória, Boquim, Lagarto, Itabaiana, Carira, Porto da Folha, Canindé do São Francisco, Propriá, Japaratuba, Riachão do Dantas, Nossa Senhora de Lourdes e Neópolis.

Divididos em grupos de 15 pessoas, os participantes visitaram estações temáticas, nas quais foram abordados assuntos relacionados ao tema. O Compost Barn é um conceito novo de instalação que propicia mais confort, bem-estar e melhores condições de saúde aos animais. 

Cuidados e práticas no manejo de animais recém-nascidos, a exploração de tecnologias relacionadas ao cuidado com os bezerros, a produção de silagem e a nutrição adequada para otimizar a produção de leite foram algumas das informações apresentadas por técnicos da Emdagro e funcionários da fazenda. “Por último, vimos a demonstração de boas práticas na ordenha e manipulação do leite, por meio da qual tratamos sobre a sanidade animal e os cuidados necessários, com uma higienização correta e refrigeração adequada, para garantir que o leite e seus derivados cheguem à mesa do consumidor com qualidade”, observou a médica veterinária Izildinha Dantas, coordenadora de Pecuária da Emdagro.

De acordo com o diretor de Assistência Técnica e Extensão Rural da Emdagro, Jean Carlos Nascimento, a missão foi dada pela Secretaria da Agricultura para que a Emdagro proporcionasse esse dia de campo em diferentes tipos de propriedades em relação à pecuária de leite. “Hoje estamos dando esse pontapé inicial, aqui em Glória, onde os pequenos produtores tiveram contato com uma realidade na maioria das vezes diferente da que vivenciam diariamente, mas que podem agregar conhecimento em suas propriedades. O objetivo da Emdagro é este: levar conhecimento e proporcionar esse intercâmbio para os pequenos pecuaristas, para que possam aprender cada vez mais e aumentem sua produção”, afirmou.

Para o secretário de Agricultura, Pecuária, Pesca e Meio Ambiente do município de Japaratuba, Ricardo Sobral, que esteve prestigiando o evento, o dia de campo proporcionado pelo Governo do Estado foi muito importante para os produtores da região. “Nós somos do Vale do Cotinguiba e fomos convidados para ver essa tecnologia que já existe no alto sertão. Daqui a gente vai levar algumas experiências para aplicar com os pequenos agricultores do nosso município, da nossa bacia leiteira, que produz em menor escala, mas a cada dia que passa a gente vai desenvolvendo com o que aprendemos, com essas novas tecnologias”, disse.

Aprendizado in loco

O produtor rural e engenheiro agrônomo José Rafael Silva Santos, de Riachão do Dantas, ficou bastante satisfeito com a oportunidade de participar da atividade. “Tivemos um dia bastante produtivo. Aprendemos um pouco sobre cada etapa do processo de produção do leite e pudemos observar o que estamos fazendo diferente em nossas localidades, para melhorarmos, na medida do possível”, considerou.

O produtor rural Daniel Rocha atua na área há cerca de 30 anos e contou que foi gratificante ver uma realidade diferente da sua, a qual ele considera como sonho a ser alcançado no futuro. “Foi importante ver toda essa estrutura, com alimentação adequada, uma boa sombra para os animais e um resfriamento correto, tudo que é necessário para uma boa produção leiteira”, afirmou o produtor de Nossa Senhora de Lourdes.

Agricultura

Governo

Última atualização: 10 de novembro de 2023 08:40.

Pular para o conteúdo