Emdagro impulsiona desenvolvimento sustentável para mulheres em comunidade quilombola

A assistência técnica do Governo de Sergipe, por meio da Emagro, na elaboração de 109 projetos produtivos, possibilitou o acesso a 870 mil reais do Governo Federal para mulheres agricultoras de Poço Redondo

Em meio aos desafios enfrentados pelas famílias quilombolas da comunidade Serra da Guia, a busca por soluções sustentáveis e inovadoras tem sido uma prioridade para promover o desenvolvimento local. O Programa de Fomento Mulher, aliado à experiência da assistência técnica e extensão rural Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro), surge priorizando a bovinocultura de leite através da elaboração de 109 projetos, no valor total de investimento de oitocentos e setenta e dois mil reais.

O principal objetivo do programa é contribuir para o desenvolvimento sustentável da comunidade, diversificando os sistemas produtivos e fomentando a bovinocultura de leite. Ao enfrentar os desafios provocados por longos períodos de estiagem e ataques da cochonilha de escama na palma forrageira, o programa visa não apenas fortalecer a produção leiteira, mas também gerar empregos, aumentar a renda familiar, promover a inclusão social e melhorar a qualidade de vida das famílias quilombolas.

O acesso ao Fomento Mulher, viabilizado por meio desses projetos representa um canal direto para o empoderamento econômico das mulheres na comunidade. “Ao fornecer recursos específicos para fortalecer a bovinocultura leiteira, a Emdagro não apenas cria oportunidades econômicas, mas também promove a equidade de gênero e a autonomia financeira”, explicou o Diretor de Ações Fundiárias, Marcelo dos Santos.

Marcelo Santos acrescenta que a metodologia de execução inclui a aquisição de matrizes, sistema semi-intensivo de criação, pastagens artificiais, e parcerias educacionais com instituições renomadas, como a Universidade Federal de Sergipe, Emdagro, IFS e Sebrae.

Luciano Firmino, chefe do escritório local da Emdagro em Poço Redondo, e responsável pela elaboração dos projetos, destaca o papel vital da instituição na concepção e execução dos projetos: “A Emdagro está comprometida em incentivar mudanças positivas. Cada um dos 109 projetos elaborados, com um valor individual de R$ 8.000,00, reflete nosso compromisso em fortalecer a bovinocultura leiteira na comunidade. Os mais de oitocentos mil reais destinados aos projetos terão um impacto direto na aquisição de matrizes, na implementação de práticas sustentáveis e no impulso à produção de leite”, frisou.

Beneficiária do programa, a agricultora familiar da comunidade Serra da Guia, em Poço Redondo, Valdilene Maria dos Santos Correia, diz que os projetos chegaram em momento oportuno. “Ele (o projeto) chegou na hora certa. Será mais um rendimento familiar. Meus agradecimentos à Emdagro, que elaborou nossos projetos, ao Governador Fábio Mitidieri e ao Incra por essa parceria”.

A agricultora Maria Selma Alves de Almeida, também da Serra da Guia, reconhece os benefícios do programa e agradece à Emdagro pela elaboração dos projetos. “Quero agradecer e parabenizar o técnico da Emdagro Luciano pelo belíssimo trabalho e dizer que esse projeto vai melhorar muito nossa renda familiar”.

Governo

Última atualização: 12 de dezembro de 2023 09:22.

Pular para o conteúdo