Emdagro inaugura programa de inseminação artificial por tempo fixo em Boquim

Ao todo 100 vacas de leite e de corte passarão pelos primeiros protocolos hormonais

O Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri) e da Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro), inaugurou, na última terça-feira (27), em Boquim, centro sul sergipano, o Programa de Inseminação Artificial por Tempo Fixo (IATF). O início do programa ocorreu na propriedade do pecuarista Antônio Pereira Nascimento, do Povoado Romão, com a realização do diagnóstico e do primeiro protocolo hormonal em 30 vacas de leite e de corte.

A ação, que faz parte do Programa Pecuária Mais Brasil, do Governo Federal, em parceria com a Confederação Nacional dos Agricultores Familiares e Empreendedores Familiares Rurais do Brasil (Conafer) e o Governo do Estado, visa o melhoramento genético do rebanho leiteiro e de corte de pequenos produtores, através da tecnologia do IATF, que espera inseminar 100 vacas no município.

“Com este programa espera-se uma somação de esforços no aumento da produção, produtividade e renda do produtor, promovendo, assim. o desenvolvimento dos municípios, principalmente aqueles cuja economia está baseada na produção e industrialização do leite, a exemplo do alto sertão sergipano, onde todos os municípios estão contemplados, bem como as regiões sul e centro sul do Estado”, comentou o Diretor de Assistência Técnica e Extensão Rural da Emdagro, Jean Carlos Nascimento Ferreira.

Para o pecuarista Antônio Pereira, essa é uma oportunidade de fazer a melhoria genética do rebanho. “Tive a oportunidade de ser convidado para participar da reunião que a Emdagro realizou para informar sobre o início do programa, em Boquim, e observei ser essa a chance de garantir a qualidade do meu rebanho. Melhorar em tudo, na produção de leite, na carne e na genética”, disse, acrescentando que resolveu fazer alguns investimentos no estábulo para reforçar a segurança dos técnicos no momento do diagnóstico.

Mais Pecuária Brasil
O programa Mais Pecuária Brasil foi iniciado em 2022 nos municípios de Nossa Senhora de Lourdes, Itabi, Porto da Folha, N.Sra da Glória e Monte Alegre. Ainda naquele ano, foram inseminadas 402 vacas.  Em 2023, até junho e início de julho, está em andamento o processo de IATF de mais 483 vacas. As raças mais demandadas até o momento são Holandesa, Gir 3/4 e Gir 5/8. Estão disponíveis também as raças Nelore, Sindy, Polled Hereford, Brangus, Brasford e Angus.

O Programa Mais Pecuária Brasil tem como meta inseminar 3.000 vacas/ano durante quatro anos, em Sergipe. A CONAFER participa com o sêmen de touros provados de raças leiteiras e de corte, da Central de Coleta e processamento de Sêmen Alta Genética, todos os insumos necessários e com o serviço de inseminação.

“Já à Emdagro compete fazer o trabalho de identificação e a mobilização dos produtores em todas as quatro etapas do processo, quais sejam, diagnóstico e primeiro protocolo hormonal, o segundo protocolo hormonal, a inseminação propriamente dita e o diagnóstico de prenhez”, detalhou a Coordenadora de Pecuária da Emdagro, Izildinha Dantas, que reforçou que neste mês de junho e início de julho estarão atendendo os municípios de Boquim e Riachão.

Governo

Última atualização: 30 de junho de 2023 09:09.

Pular para o conteúdo