Governo entrega 2 mil quilos de sementes de milho aos agricultores de Carira durante o ‘Sergipe é aqui’

Iniciativa visa ampliar o acesso às sementes para as famílias do campo que não têm condições de comprar e promover o desenvolvimento agrícola sustentável na região

Nesta sexta-feira, 19, durante a realização da 26ª edição do programa ‘Sergipe é aqui’, os agricultores do município de Carira, localizado na região agreste do estado, foram beneficiados com a entrega de 2 mil quilos de sementes de milho. A iniciativa faz parte do programa Sementes do Futuro do Governo do Estado e visa ampliar o acesso às sementes para as famílias do campo que não têm condições de comprar, assim como promover o desenvolvimento agrícola sustentável na região.

A entrega das sementes foi realizada pelo governador Fábio Mitidieri, o qual classificou o momento como essencial para as famílias que não tem condições de adquirir os insumos para o plantio. “A gente sabe a importância que tem a produção do milho para essa região do agreste e para todo o estado de Sergipe. Carira recebe hoje, aqui, duas toneladas de sementes que serão importantes para os produtores e chegam no tempo certo, no tempo do plantio, porque em outros momentos a gente já viu a semente chegar depois das chuvas e não adiantava mais nada. Então, o Estado está entregando as sementes no tempo correto, para que o pequeno produtor familiar, o pequeno agricultor familiar consiga produzir o seu milho e sustentar a sua família”, disse o governador.

O programa Sementes do Futuro foi lançado há um mês, no dia 19 de março, com a meta de distribuir 206 toneladas de sementes de milho para os agricultores familiares de 46 municípios sergipanos. Representando o secretário de Estado da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri), o presidente da Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro), Gilson dos Anjos, ressaltou que o programa representa um compromisso do governo em fortalecer a agricultura familiar.

“O Governo do Estado adquiriu 206 toneladas de semente de milho certificada para distribuir exatamente com esses pequenos produtores rurais. Isso é uma ação de inclusão social significativa. Muitos desses pequenos produtores e agricultores rurais não têm recursos para comprar sementes, e o governo faz essa ação sabendo que os recursos investidos vão circular dentro do próprio estado, porque esses pequenos produtores vão produzir para o consumo próprio e outra parte será comercializada para que eles adquiram outros alimentos. Então é o Governo do Estado, através da Seagri, da Emdagro, fazendo seu papel social”, destacou Gilson.

Carira está entre os dois municípios sergipanos com maior produção de milho em grão. O cultivo de milho ocupa cerca de 90% da área cultivada no município e, sem dúvidas, é uma das principais atividades econômicas. Para o agricultor José Almeida de Souza, 56 anos, residente do povoado Boa Sorte, as sementes de milho chegaram em um bom momento. “Dessa vez, as sementes chegaram no tempo certo. Nós estamos esperando a terra molhar para a gente plantar. E, com fé em Deus, vamos plantar no tempo certo. Essa semente de milho é cara, até porque não é um milho comum, é milho de qualidade. E, certamente, a gente iria gastar uma quantia que, na maioria das vezes, muitos produtores não têm para gastar”, completou.

O sentimento de gratidão também foi compartilhado pela agricultora do povoado Cutias, Nilza Marques de Jesus, de 64 anos. Para ela, as sementes entregues serão essenciais para o completo plantio da sua roça, que detém de algumas frutas e animais. “Se não recebesse essas sementes hoje, não teríamos como comprar. Até porque a gente compra pouco, somente para o quintal, mas para o restante das tarefas de terra não tem como porque é muito caro. Graças a Deus, essas sementes chegaram em uma boa hora”, disse. 

Aos 82 anos, o agricultor Carlos José de Barros, do povoado Altos Verdes, fez questão de comparecer ao ato de entrega e disse que as sementes vão garantir a plantação no tempo certo e que os seus filhos deverão comparecer na época da colheita. “Eu planto para comer e também para alguns bichinhos que crio. Eu planto pouco, mas quando era mais jovem plantava mais. Essas sementes chegam em um bom momento, porque eu tenho uma parte de gente em São Paulo, e são todos os meus filhos, aí quando tem espigas maduras eu ligo e eles vêm comer mais eu, fazer festas e tudo. Graças a Deus, meus filhos são bem educados, eles me atendem, eu atendo eles”, finalizou.  

Produção de Milho

Segundo os dados da Seagri, o plantio de milho é realizado em 70 dos 75 municípios sergipanos. A cultura está concentrada nos municípios do semiárido, e tem Simão Dias e Carira como os principais produtores. Em 2023, a produção de milho no estado foi a maior da série histórica com 986.9 mil toneladas, colocando o estado como o 4° em produção e o 1º em rendimento médio do Nordeste brasileiro, com 5.483 Kg/h.

Governo

Última atualização: 22 de abril de 2024 11:48.

Pular para o conteúdo