Governo inicia 1ª etapa da Campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa

Nesta etapa, deverão ser vacinados mais de um milhão de animais, entre bovinos e bubalinos

No período entre 1º e 31 de maio, o Governo de Sergipe irá realizar a 1ª etapa da Campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa do ano de 2023. Nesta etapa, deverão ser vacinados bovinos e bubalinos de todas as faixas etárias, o que corresponde a 1,3 milhão de animais. 

O secretário de Estado da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca, Zeca Ramos da Silva, destaca que Sergipe está há 27 anos sem a presença da febre aftosa com vacinação e que o governo trabalha para avançar no status sem vacinação. 

“Nossa estratégia é vacinar bem esse ano para chegarmos em 2024 mantendo as boas condições sanitárias do rebanho e alcançarmos o conceito de zona livre da doença sem vacinação. Portanto, faço um apelo aos criadores: que vacinem todo seu rebanho agora nessa primeira etapa da campanha e declarem na Emdagro, pois o produtor é o grande protagonista de tudo isso”, destacou o secretário.

Conforme explicou a Seagri, a Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro) é a responsável pela campanha contra a febre aftosa. O presidente da Emdagro, Gilson dos Anjos, disse que as equipes da Defesa Animal já estão percorrendo os estabelecimentos que comercializam a vacina para verificar, além do estoque existente, as condições de armazenamento e temperatura. “Vamos trabalhar para registrar um índice maior que 90% de cobertura vacinal, tanto em maio quanto em novembro”, enfatizou Gilson.

Declaração de vacinação

A diretora de Defesa Animal e Vegetal da Emdagro, Aparecida Andrade, alerta os produtores para a importância também de declarar que os animais foram vacinados. “O produtor rural tem até o dia 10 de junho para declarar a vacinação e atualizar o saldo do rebanho de bovinos e bubalinos e demais espécies (suínos, caprinos, ovinos, equinos e outros)”, explica a diretora.

Aparecida explica ainda que a declaração de vacinação pode ser feita através do sistema informatizado (Siapec3), e-mail: codea@emdagro.se.gov.br, pelo telefone (79) 9 9191-4341 ou no Escritório da Emdagro. “Alertamos ao criador inspecionar seus animais e informar imediatamente à Emdagro a ocorrência de qualquer enfermidade no rebanho”, completa a diretora.

Governo

Última atualização: 28 de abril de 2023 09:50.

Pular para o conteúdo