Publicado: 19 de novembro de 2021, 17:46

Investimentos do Banese abrem novo ciclo de fomento à agricultura em Sergipe


Linha de crédito anunciada fortalecerá desde o pequeno ao grande produtor

O setor agropecuário vai passar por um novo ciclo de fomento a iniciativas e projetos de desenvolvimento em Sergipe. O Banese anunciou a dotação de recursos no valor de R$ 100 milhões para operações de crédito por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e apresentou o Plano Safra 2022, durante evento festivo realizado no Museu da Gente Sergipana, na noite da última quinta-feira, 18.

A notícia foi comemorada pelo secretário Zeca da Silva, da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri). “A linha de crédito anunciada pelo Banese consolida um importante marco para a agricultura sergipana. Essa ação alavancará ainda mais a economia em nosso estado e fortalecerá desde o pequeno ao grande produtor”, destacou o secretário Zeca, enfatizando as ações como grandes conquistas para Sergipe, assim como a abertura de uma agência especializada para o setor do agronegócio.  “Devo parabenizar a sensibilidade e as medidas acertadas pelo Governo de Sergipe e pelo Banese”, afirmou.

Para o governador Belivaldo Chagas, o Banese reafirma sua força no estado. “Esse é um momento extremamente especial para Sergipe, para o Agro, e mais especial ainda para o Banese que completa 60 anos de existência, buscando cada vez mais incrementar o desenvolvimento do estado. São ações diversas, desde a agência voltada para os produtores até as  linhas de crédito com volume de recursos que pode chegar a R$ 100 milhões. É o Banese se tornando cada vez mais um banco de fomento, sendo cada vez mais o banco da gente sergipana”, destacou o governador.

O evento comemorativo em alusão aos 60 anos de existência da instituição bancária, que tem como acionista controlador o Governo do Estado, marcou também o lançamento do Banese +Agro. Outro anúncio feito foi a parceria do Banese com o AgTech Garage, um dos principais hubs (ambientes) de startups do mundo, especializado em inovação no agronegócio. “A iniciativa permitirá que os produtores rurais sergipanos possam ter acesso às soluções tecnológicas de ponta e recebam consultoria de alguma das cerca de 800 startups ligadas ao AgTech”, destacou José Augusto Tomé, um dos cofundadores da empresa de tecnologia.

De acordo com Helom Oliveira, presidente do Banese, o volume de lançamentos anunciados atende às demandas solicitadas pelo governador Belivaldo Chagas. “A gente tem visto a mudança das matrizes de produção no estado de Sergipe e a cadeia do agronegócio tem se destacado como uma vocação local. Nesse sentido, o governo do Estado, na figura de acionista controlador do Banese, demandou que nós déssemos uma atenção especial a esse setor e foi isso que viemos fazer hoje”, destacou, se referindo ao anúncio de R$ 100 milhões em recursos para o Plano Safra do próximo ano, à parceria com a AgTech e às novas linhas de crédito para a cadeia do agronegócio em Sergipe. 

O setor agropecuário vai passar por um novo ciclo de fomento a iniciativas e projetos de desenvolvimento em Sergipe. O Banese anunciou a dotação de recursos no valor de R$ 100 milhões para operações de crédito por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e apresentou o Plano Safra 2022, durante evento festivo realizado no Museu da Gente Sergipana, na noite da última quinta-feira, 18.

A notícia foi comemorada pelo secretário Zeca da Silva, da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri). “A linha de crédito anunciada pelo Banese consolida um importante marco para a agricultura sergipana. Essa ação alavancará ainda mais a economia em nosso estado e fortalecerá desde o pequeno ao grande produtor”, destacou o secretário Zeca, enfatizando as ações como grandes conquistas para Sergipe, assim como a abertura de uma agência especializada para o setor do agronegócio.  “Devo parabenizar a sensibilidade e as medidas acertadas pelo Governo de Sergipe e pelo Banese”, afirmou.

Para o governador Belivaldo Chagas, o Banese reafirma sua força no estado. “Esse é um momento extremamente especial para Sergipe, para o Agro, e mais especial ainda para o Banese que completa 60 anos de existência, buscando cada vez mais incrementar o desenvolvimento do estado. São ações diversas, desde a agência voltada para os produtores até as  linhas de crédito com volume de recursos que pode chegar a R$ 100 milhões. É o Banese se tornando cada vez mais um banco de fomento, sendo cada vez mais o banco da gente sergipana”, destacou o governador.

O evento comemorativo em alusão aos 60 anos de existência da instituição bancária, que tem como acionista controlador o Governo do Estado, marcou também o lançamento do Banese +Agro. Outro anúncio feito foi a parceria do Banese com o AgTech Garage, um dos principais hubs (ambientes) de startups do mundo, especializado em inovação no agronegócio. “A iniciativa permitirá que os produtores rurais sergipanos possam ter acesso às soluções tecnológicas de ponta e recebam consultoria de alguma das cerca de 800 startups ligadas ao AgTech”, destacou José Augusto Tomé, um dos cofundadores da empresa de tecnologia.

De acordo com Helom Oliveira, presidente do Banese, o volume de lançamentos anunciados atende às demandas solicitadas pelo governador Belivaldo Chagas. “A gente tem visto a mudança das matrizes de produção no estado de Sergipe e a cadeia do agronegócio tem se destacado como uma vocação local. Nesse sentido, o governo do Estado, na figura de acionista controlador do Banese, demandou que nós déssemos uma atenção especial a esse setor e foi isso que viemos fazer hoje”, destacou, se referindo ao anúncio de R$ 100 milhões em recursos para o Plano Safra do próximo ano, à parceria com a AgTech e às novas linhas de crédito para a cadeia do agronegócio em Sergipe. 

Fotos: Vieira Neto



Atualizado: 30 de novembro de 2021, 10:27
Skip to content