Publicado: 25 de janeiro de 2021, 13:25

Projeto Dom Távora entrega trator e implementos para produção de mandioca em Tobias Barreto


Através da parceria entre Governo de Sergipe e FIDA, foram investidos 4,5 milhões no município, beneficiando centenas de agricultores familiares.

Para ampliação do plantio da mandioca, produtores rurais do povoado Alagoinhas, em Tobias Barreto, receberam da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri) um trator com implementos agrícolas e insumos, na última quinta-feira, 21. Segundo os agricultores beneficiários, os maquinários e insumos possibilitarão o aumento da produção da mandioca e de seu principal derivado: a farinha. Através de um grupo de 51 famílias, a comunidade do povoado mantém as atividades de forma coletiva, integrando a cadeia produtiva desde o plantio mecanizado da mandioca até a produção dos derivados do alimento. O ato de entrega contou com a participação do prefeito de Tobias Barreto, Dilson de Agripino, e do deputado federal João Daniel. 

O secretário de Estado da Agricultura, André Luiz Bomfim, ressaltou que este é um investimento do Projeto Dom Távora, realizado pelo Governo de Sergipe em parceria com o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), com recursos no valor de R$ 304.074,80 para maquinários (trator agrícola com potência de 78 cv e tração 4×4, carreta agrícola de 6 toneladas, grade niveladora super peixe 28×28″ e grade aradora controle remoto 12×28″ e implantação de 25 hectares de mandioca. “Com esses equipamentos, acreditamos muito no aumento da capacidade produtiva da comunidade. Só em Tobias Barreto, foram investidos 4,5 milhões através da parceria entre FIDA e Governo do Estado, em benefício das famílias de agricultores, que cada vez mais avançam em nossa agropecuária”, enfatizou André Bomfim. 

A comunidade Alagoinhas conta com uma casa de farinha, construída há aproximadamente 28 anos e administrada pelos agricultores, que produz a farinha de mandioca da forma tradicional. O agricultor José Alberto de Oliveira (Dedé) falou que a casa de farinha é uma pequena indústria. “Beneficiamos a produção de mandioca própria do grupo e absorvemos raízes de outros produtores da região. Com a ajuda do Projeto Dom Távora, vamos melhorar as condições de cultivo, vender o produto que tem mercado garantido e melhorar a renda das famílias”, disse o agricultor. O presidente da Associação de Desenvolvimento Comunitário do Povoado Alagoinhas, Givaldo Arlindo de Souza, expressou o sentimento de gratidão e de união do grupo de produtores rurais do povoado. “A comunidade se uniu para buscar esse objetivo. Quero agradecer muito ao projeto Dom Távora e a toda equipe do Governo que nos ajudou”, declarou o presidente da associação.

A chegada do trator com implementos agrícolas e insumos foi o melhor investimento dos últimos anos na comunidade Alagoinhas, em Tobias Barreto, segundo o chefe da unidade local da Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro), Aldomir Alves de Santana. “Esses equipamentos vão favorecer a plantação da mandioca, através do preparo do solo, da colheita, enfim, de todos os trabalhos de cultivo da mandioca aqui na comunidade. Receber o maquinário foi uma das coisas mais importantes que aconteceu para esta comunidade, pois há muitos anos eles veem desejando e pleiteando isso”, conta o representante local da Emdagro. 

Boas práticas
Ainda no município de Tobias Barreto, a equipe da Secretaria de Estado da Agricultura visitou mais três projetos apoiados pelo Dom Távora: projeto de fortalecimento do bordado ‘richelieu’ no povoado Brasília; projeto de corte e costura no povoado Taquara; e projeto de aquisição de máquinas agrícolas e ovinocultura nos assentamentos Maribondo e Belo Monte. Já na sexta-feira, a equipe técnica da Seagri visitou a construção de entreposto de ovo de galinha caipira, no município de Poço Verde. Para a Seagri, os projetos visitados são exemplos de boas práticas que devem ser multiplicadas em outras comunidades.


Atualizado: 25 de janeiro de 2021, 13:25
Skip to content