Técnicos da Emdagro visitam experiência de energia solar em Emater de Minas Gerais

O objetivo foi conhecer a usina fotovoltaica instalada no município de Ponto dos Volantes, que promete reduzir significativamente os custos de energia elétrica

Uma comitiva de técnicos da Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro) realizou uma visita técnica à cidade de Ponto dos Volantes, em Minas Gerais, para conhecer de perto os trabalhos desenvolvidos pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater/MG) na área de energia solar. O objetivo foi conhecer a usina fotovoltaica instalada no município, que promete reduzir significativamente os custos de energia elétrica. 

A visita foi coordenada pelo diretor administrativo e financeiro da Emdagro, Fernando André de Oliveira, e pelo diretor técnico Jean Carlos Nascimento, acompanhados pelos técnicos engenheiro agrônomo, Godofredo Vieira, e o engenheiro civil, Hugo Monteiro Rocha. A equipe da Emdagro foi recepcionada pelo engenheiro agrônomo Ricardo Almeida, gestor da Unidade Regional da Emater/MG em Almenara, e pelo engenheiro agrônomo Cristiano Santos, chefe da unidade local da Emater/MG em Ponto dos Volantes.

Durante a visita técnica, também estiveram presentes o secretário de Agricultura de Ponto dos Volantes, Rui Borges, e o engenheiro elétrico Flávio Borges, responsável pelo desenvolvimento e implantação do projeto da usina fotovoltaica. A usina foi construída em uma área de 400 metros quadrados, tem capacidade de produção de 12.000kw/h/mês e teve um custo de R$ 500 mil, financiado pela Emater/MG. A expectativa é que o investimento se pague em 12 meses, com uma redução de quase 100% nos custos de energia elétrica.

O Diretor Administrativo e Financeiro da Emdagro, Fernando André de Oliveira, destacou a importância de buscar soluções sustentáveis e economicamente viáveis para suprir as demandas energéticas da empresa. “Estamos impressionados com o que vimos aqui em Ponto dos Volantes. Essa iniciativa da Emater/MG mostra que é possível investir em energia limpa e reduzir custos operacionais ao mesmo tempo. Precisamos considerar seriamente a implementação de projetos similares em nossa empresa, onde a Emdagro tem um custo mensal hoje em energia de R$ 54 mil, e uma usina com uma produção de 8.000 kWh/mês supriria em 100% nossas necessidades” ressaltou Oliveira.

A visita foi marcada por questionamentos sobre custos, benefícios, manutenção, contratos de execução e financiamentos relacionados ao projeto de energia solar. Todo o material apresentado será analisado pela Emdagro, visando a possibilidade de adoção de tecnologias semelhantes no estado de Sergipe.

Governo

Última atualização: 11 de abril de 2024 08:23.

Pular para o conteúdo