Usuários do Programa Água Doce farão oficinas de sustentabilidade ambiental

Seagri, Coderse e Emdagro convidam todos os moradores que consomem água das unidades de dessalinização. Ação complementa capacitação de operadores e manutenção geral de sistemas de abastecimento

Usuários do Programa Água Doce (PAD) participarão de uma sequência de oficinas de sustentabilidade ambiental a partir de domingo, 4. Serão encontros em todas as 29 comunidades da região de semiárido em Sergipe com unidades de produção de água dessalinizada. A intenção do órgão que coordena o PAD no estado, a Secretaria de Estado da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri) é levar boas práticas no manuseio da água potabilizada nas casas e nos sistemas de abastecimento, minimizando o risco de contaminação e danos à saúde das famílias beneficiadas.

Na próxima semana, serão nove oficinas em povoados de Poço Redondo (dias 4 e 5), Porto da Folha (6 e 8) , Canindé de São Francisco (7) e Monte Alegre de Sergipe (8). As outras 20 comunidades estão sendo consultadas para fazer o melhor agendamento para os encontros. 

Conforme explica o coordenador estadual do PAD em Sergipe, Vandesson Carvalho, a programação segue uma sequência de etapas já iniciadas em maio. “Começou com a análise da qualidade da água produzida em cada sistema de abastecimento e de um questionário socioambiental. O objetivo é a realização do diagnóstico das comunidades e o cadastramento das famílias que utilizam a água tratada”, disse.

A Companhia de Desenvolvimento Regional de Sergipe (Coderse), vinculada à Seagri, está executando as oficinas junto às localidades. Como a participação da Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro), também vinculada à Seagri, a companhia pública está concluindo a manutenção geral da unidade do programa no interior e também acabou de realizar uma capacitação de operadores dos sistemas. Treinando novos e reciclando os atuais responsáveis por cuidar do fornecimento de água dessalinizada. 

“Fizemos cinco capacitações em cidades-polo, onde realizamos aulas práticas e teóricas, a fim de preparar ou aperfeiçoar os operadores quanto ao funcionamento do dessalinizador, bombas e reservatórios. Enquanto isso, os técnicos faziam a manutenção corretiva e preventiva dos sistemas, em que as unidades do PAD foram revisadas e algumas recuperadas. Com essas oficinas, fechamos agora um ciclo, que inclui o controle da qualidade da água. Dando atenção à hora do usuário coletar, transportar e armazenar a água em casa”, explicou o diretor de Infraestrutura Hídrica da Coderse, Ernan Sena. 

Linguagem popular

O coordenador Vandesson Carvalho informou ainda que, nas oficinas, os facilitadores utilizarão recursos audiovisuais e será aberto sempre um espaço para os participantes manifestarem suas dúvidas quanto ao manuseio diário da água coletada nas unidades de dessalinização. O conteúdo formulado usa linguagem popular e de fácil entendimento, independente da faixa etária e grau de escolaridade. 

Calendário

– 4/6 – Poço Redondo

— 14h30 – Comunidade Quilombola Serra da Guia (associação de moradores)

– 5/6 – Poço Redondo

— 09h – Povoado Areias

– 6/6 – Porto da Folha

— 09h – Povoado Pedro Leão (posto de saúde)

— 14h – Povoado Umburaninha (casa de Dona Selma)

– 7/6 – Canindé de São Francisco

— 09h – Acampamento Caiçara (centro da comunidade)

— 13h – Assentamento 12 de Março (escola)

— 15h – Povoado Mandacaru (casa de Diony)

– 8/6

— 09h – Povoado Craibeiro – Porto da Folha (associação da comunidade)

— 14h – Povoado Lagoa do Roçado – Monte Alegre de Sergipe  (associação da comunidade)

Governo

Última atualização: 2 de junho de 2023 10:04.

Pular para o conteúdo