Dia Mundial da Água: Cohidro protagoniza investimento de R$ 17,5 milhões para ampliar acesso à água em Sergipe

Ações são paralelas ao trabalho de racionalização do uso e controle de desvios de água

Em Sergipe, é possível comemorar o Dia Mundial da Água, neste 22 de março. A partir de ações que já vinham sendo realizadas pelo Governo do Estado e que agora ganharam força via Programa Pró-Campo, a população que vive distante das redes convencionais de distribuição, tem mais oportunidade de continuar a viver e manter a família no campo. Cada vez mais eles têm acesso à água nas obras e serviços realizados pela Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro), vinculada à Secretaria de Estado da Agricultura, do Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri). Para 2022, estão programadas ações de construção ou ampliação de sistemas de abastecimento de água e dessalinizadores, recuperação de barragens e revitalização de perímetros de irrigação pública estadual. Esta que, de outro modo, se moderniza e é otimizada pela empresa pública, sanando o desperdício de água e recursos operacionais.

“O agricultor que recebeu o incentivo da Cohidro para, por exemplo, a modernização do sistema de irrigação, adotando agora a irrigação fixa e econômica, já consegue produzir mais e dedicando menos do seu tempo diário para irrigar as plantas. A microaspersão, com sistema automático e uso de fertirrigação, precisa de menos mão de obra e menos água para ter o mesmo resultado que os antigos equipamentos tinham, desperdiçando água. Sem dúvida, temos o que comemorar nestes perímetros onde ocorre a troca do velho pelo novo e a Cohidro, orientando e incentivando esta mudança, muda junto. Reduzindo o consumo diário da água para poder enfrentar melhor os períodos de estiagem e a destinação de água para o consumo humano. Visto que a população é cada vez maior”, avalia o diretor de irrigação e Desenvolvimento Agrícola da Cohidro, João Fonseca.

Segundo o diretor-presidente da Cohidro, Paulo Sobral, pelo Pró-campo, o Governo de Sergipe vai investir R$ 981.515,83 na revitalização da estrutura física e manutenção elétrica e mecânica das estações de bombeamento (EBs) 02, do Perímetro Irrigado Piauí, em Lagarto, e 05 e 07, do Califórnia, em Canindé de São Francisco. “O Pró-Campo vai dar continuidade a um trabalho que vínhamos fazendo, revitalizando as EBs para ter mais capacidade técnica para atender o agricultor irrigante, melhor estrutura para os nossos funcionários operarem o sistema e sanar os desperdícios causados pelo mau funcionamento e danos provocados pelo tempo de vida dos perímetros. Todos com mais de 30 anos em operação”, considerou o presidente.

Paulo Sobral ainda reforça que, paralelo às obras, nos perímetros foram empregadas equipes para fiscalizar o desvio de água. “Ao mesmo tempo em que os desvios feitos nas tubulações da Cohidro desperdiçam água, elas deixam os agricultores mais distantes da EBs com menos pressão do sistema e às vezes até sem água. Estamos acabando com isso, racionalizando e universalizando o acesso à água”.

Infraestrutura hídrica

Para além dos perímetros de irrigação, o forte da atuação do Pró-Campo estão sendo os sistemas de abastecimento e as barragens. Eles promovem o abastecimento humano, a dessedentação animal e até mesmo pequenos projetos de irrigação. “São 72 sistemas de abastecimento que serão implantados ou recuperados, a partir de um investimento de mais de R$ 5,3 milhões. Sem falar dos mais de R$ 2 milhões do convênio firmado com a Codevasf, para também perfurar e instalar poços no interior sergipano. Outros R$ 5,7 milhões já estão sendo investidos na revitalização e ampliação de 1.021 barragens de terra, essenciais à pecuária em regiões de seca”, concluiu o presidente da Cohidro.

São obras que iniciaram em 2021 e tiveram continuidade neste ano. A diretora de Infraestrutura Hídrica e Mecanização Agrícola da Cohidro, Elayne de Araújo, destaca a barragem Chapéu de Couro, em Poço Redondo. “No assentamento Barra da Onça, as obras na barragem já começaram no mês passado e estão adiantadas. Por outro lado, em Indiaroba temos obras iniciadas para ampliar a capacidade de seis sistemas de abastecimento de água, que agora vão levar este recurso vital até as casas, promovendo mais qualidade de vida. A mesma qualidade de vida que vão ter também localidades do Sertão Sergipano, com os mais de R$ 3,3 milhões previstos no Pró-Campo para investir no Programa Água Doce. Criando novas ou ampliando as unidades de dessalinização de abastecimento de água potável e para unidades produtivas”, acrescenta a diretora.

Governo

Última atualização: 22 de março de 2022 13:38.

Pular para o conteúdo