Publicado: 11 de janeiro de 2016, 13:49

Governos estadual e federal farão intervenção nas áreas suscetíveis a desertificação


Áreas Alto Sertão Sergipano, suscetíveis à desertificação, vão receber um projeto para fortalecimento da gestão ambiental e implementação de boas práticas produtivas e sustentáveis que revertam o processo de degradação do meio ambiente.

Áreas Alto Sertão Sergipano, suscetíveis à desertificação, vão receber um projeto para fortalecimento da gestão ambiental e implementação de boas práticas produtivas e sustentáveis que revertam o processo de degradação do meio ambiente. A informação foi passada, à tarde deste dia 20, pelo diretor do Departamento de Combate à Desertificação do Ministério do Meio Ambiente (MMA), Francisco Campelo, em visita ao secretário de estado da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca, Esmeraldo Leal. Francisco Capello disse que a visita aos órgãos do estado que são parceiros no projeto é para marcar o anuncio do projeto para a primeira quinzena de dezembro. Ele destacou que “o Governo do Estado de Sergipe tem um envolvimento muito direto na elaboração e aprovação deste projeto. É uma ação de cooperação técnica que vem para Sergipe com o desafio de fortalecimento da gestão ambiental e de identificação das boas práticas que possam servir de referência para os demais Estados do Brasil onde temos áreas suscetíveis à desertificação”. O projeto tem como área de atuação de campo o Estado de Sergipe, e envolve o núcleo de desertificação de sete municípios do Alto Sertão. “Dentro deste ambiente, escolhemos quatro comunidades que serão referência para o projeto e receberão atuação técnica voltada para o planejamento ambiental, acompanhamento, supervisão e licenciamento”.


Atualizado: 11 de janeiro de 2016, 13:49
Skip to content