Secretaria de Agricultura e Faese visitam plantação de cacau e garantem continuidade de assistência técnica

Atualmente são cerca de 12 produtores de cacau em quatro municípios do sul sergipano, cultivando em uma área aproximada de 22 hectares

Produtores de cacau do município de Arauá, receberam a visita do secretário de Estado da Agricultura, do Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri), Zeca da Silva. Acompanhado do diretor presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Sergipe (FAESE/Senar), Ivan Sobral, ele foi conhecer de perto o cultivo comercial do cacau, que se apresenta como mais uma alternativa viável no processo de diversificação da fruticultura na região sul sergipana, além de reforçar o total apoio do governo do Estado ao plantio da cultura em Sergipe.

Atualmente são cerca de 12 produtores de cacau em quatro municípios do sul sergipano, cultivando em uma área aproximada de 22 hectares. De acordo com o secretário Zeca da Silva, a produção é relativamente nova em Sergipe e continuará recebendo apoio do Governo do Estado. “Viemos conhecer de perto a produção de cacau, na plantação de senhor Manuel Conceição e reiterar o compromisso da Seagri, por meio da assessoria técnica já ofertada pela Emdagro, uma de nossas empresas vinculadas. Também trouxe comigo nosso parceiro, Ivan Sobral, que está à frente do Senar/FAESE e tem muito a contribuir com os agricultores sergipanos”, afirmou. 

Conforme observou o secretário, historicamente a produção cacaueira é bastante importante para o agronegócio brasileiro, hoje posicionando o Brasil como o 7º produtor mundial. “Se depender do governo do Estado, Sergipe não ficará de fora desse contexto”, disse Zeca, ao destacar que além de Arauá, também os municípios de Umbaúba, Santa Luzia do Itanhy e Indiaroba investem no plantio do cacau. Juntos os quatro municípios agregam uma produção estimada de 480 arrobas por ano.

Para Ivan Sobral a visita foi uma grande oportunidade de conhecer a produção de cacau que vem se expandindo no Sul e Centro Sul de Sergipe, e apresentar o Senar aos produtores da Cooperativa dos Produtores de Cacau e Desenvolvimento do Agronegócio de Sergipe (Cooperase). “Felizmente nós produtores rurais de Sergipe temos essa cultura de trabalhar em cooperativa e é muito importante essa união, pois faz todo mundo crescer junto”, destacou também ressaltando o trabalho realizado pela FAESE por meio da capacitação, formação profissional rural, assistência técnica e gerencial e ainda na defesa do produtor rural.

Governo

Última atualização: 23 de maio de 2022 08:12.

Pular para o conteúdo