Estado formaliza cooperação com prefeituras para nova etapa do PAA Leite

Também foi formalizado o contrato para execução do programa entre a Seagri e o Laticínio Milk Vida, de Porto da Folha, responsável por adquirir o leite de pequenos produtores, beneficiar e distribuir nos municípios

Considerado uma importante ação de atendimento à população em situação de vulnerabilidade, que também tem contribuído para fortalecer a bacia leiteira sergipana, o Programa de Aquisição de Alimentos, na modalidade leite (PAA-Leite), está previsto para retomar suas atividades no próximo dia 2 de maio. Esta semana, o Governo do Estado começou assinar os novos Termos de Cooperação que formalizam a participação de seis municípios do alto sertão no PAA Leite: Monte Alegre, Gararu, Glória, Canindé, Porto da Folha e Poço Redondo. Para implementação do programa, as prefeituras são responsáveis pelo cadastramento dos beneficiários e pela logística de armazenamento e distribuição do leite para beneficiários no município.

A ação é realizada em Sergipe pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri), em parceria com o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome. O programa vai beneficiar mais de 2.800 famílias na região do alto sertão sergipano. 

A fim de colher assinaturas e confirmar a adesão dos municípios nesta nova fase do programa, a equipe técnica da Seagri realizou reuniões presenciais nos dias 15 e 16 de abril para assinatura dos Termos de Cooperação Técnica entre a Secretaria de Agricultura do Estado de Sergipe e as prefeituras de Monte Alegre, Canindé do São Francisco, Poço Redondo, Gararu, Nossa Senhora da Glória e Porto da Folha.

“Também realizamos a assinatura do contrato para execução do programa entre a Seagri e o Laticínio Milk Vida, de Porto da Folha, que pela primeira vez será responsável por adquirir o leite de pequenos produtores e distribuir nos municípios”, destacou a coordenadora estadual do programa, Camila Bacan, que esteve acompanhada pelos fiscais Célio Fontes e José Neviton e pela assessora do programa PAA Leite,  Ângela Maria Souza.

Carlos José Soares, proprietário do laticínio Milk Vida, falou da alegria em participar do programa que vai possibilitar a ampliação da produção e da comercialização do leite na região. “Trabalhamos e investimos muito para alcançar esse contrato com o PAA Leite. Sou muito grato a todos da Secretaria da Agricultura e da Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro), pelo apoio e pelas orientações que nos ajudaram a chegar até aqui. Vamos fazer tudo que estiver ao nosso alcance para responder às expectativas, fornecendo um produto de qualidade e com preço justo”, ressaltou Carlos José, ao destacar que 50% do fornecimento de leite será de pequenos produtores do próprio município de Porto da Folha e o restante será adquirido em Nossa Senhora da Glória e Gararu.

O laticínio Milk Vida produz queijo mussarela, queijo coalho (pré-cozido), queijo de manteiga (requeijão), queijo prato e manteiga. Atualmente, o empreendimento emprega mais de 300 pessoas de forma direta e indireta e beneficia cerca de 20 mil litros de leite por dia, adquiridos de 132 produtores da região.

Agricultura

Governo

Última atualização: 18 de abril de 2024 09:58.

Pular para o conteúdo