Seagri realiza evento para homenagear servidoras no mês da Mulher

Para a mulher existem “coisas irrenunciáveis na vida: sua autoestima, sua paz de espírito, sua liberdade e sua voz”, disse a palestrante Luiza Brito.

Seagri realiza evento para homenagear servidoras no mês da Mulher 

Enaltecer a participação da mulher no ambiente de trabalho e sua importância para o sucesso das atividades desenvolvidas no dia a dia, ao tempo que deu vez e voz para ouvir o que elas sentem. Foi com esse intuito que as colaboradoras da Secretaria de Estado da Agricultura, do Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri) foram homenageadas na manhã desta quinta, dia 16, no auditório, durante a realização de uma roda de conversa. O tema “O protagonismo da mulher: nosso espaço, nossa voz”, foi amplamente discutido tendo como mediadora a advogada Luiza Brito, especialista em Direito da Mulher, que participou do evento a convite da Superintendente Especial da Seagri, Ana Patrícia Guimarães. 

No mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, o secretário Zeca da Silva fez questão de ressaltar o quanto todas são importantes, ao fazer a abertura do evento. “Precisamos enaltecer sempre o protagonismo da mulher na sociedade e sua importância no mundo corporativo, mostrando o que realmente vocês são, competentes e capazes de assumir qualquer função, onde quiserem estar e atuar”, disse ao se dirigir às servidoras da Seagri. “O governador Fábio Mitidieri  está trabalhando com esse intuito, de dar a devida importância para a criação de políticas públicas voltadas às mulheres, potencializando a força do trabalho da mulher do campo e em todas as áreas de seu governo, não à toa criou a Secretaria Especial da Mulher”, enfatizou ao destacar a presença de representantes da pasta, que foram convidadas para o evento.

A palestra da advogada Luiza Brito, seguida de um bate papo descontraído, com histórias de vida e experiências felizes ou traumáticas vivenciadas durante a conversa, num ambiente de muita interação entre todas. “Precisamos dar voz às mulheres, ajudando-as a conhecer e lutar por seus direitos, saindo da posição de julgadoras para assim entender os avanços de nós mulheres na sociedade”, afirmou, enfatizando ao final de sua apresentação que para a mulher existem “coisas irrenunciáveis na vida: sua autoestima, sua paz de espírito, sua liberdade e sua voz”.

Governo

Última atualização: 16 de março de 2023 14:32.

Pular para o conteúdo